Posts taggeados em: ambientes integrados





19 de dezembro de 2014

Dicas de decoração para ambientes integrados

Ao longo da história da arquitetura e da construção, o homem se adaptou ao meio e vice-versa. O conceito de família mudou, diferentes tipos surgiram e as necessidades já não são mais as mesmas.

As cidades se espremem a cada dia num processo desenfreado de crescimento e especulação imobiliária.

Esses e outros fatores acabaram nos levando, ao decorrer do tempo, em repensar a moradia, rever prioridades, a fim de otimizar o tempo livre, gerando novas habitações, mais integradas, mais interativas.

A cozinha, deixa de ser cozinha, a sala deixa de ser sala, o dormitório deixa de ser dormitório, o todo se torna um, as atividades deixam de ser tão conservadoras. Cozinhar se tornou hobby e assistir ao programa favorito, enquanto cozinha, já é um hábito.

Hoje em dia, é muito comum vermos os apartamentos integrados, os chamados lofts. Aqui no Brasil, mais especificadamente em São Paulo, eles geralmente se apresentam como duplex, com o dormitório no mezanino.

Muitas pessoas, no momento de decorarem o seu loft, ficam em dúvida sobre como atender às suas  preferências pessoais em meio a tantas opções.

O recomendado é contratar um arquiteto ou designer de interiores para que este profissional possa orientar e ajudar o cliente a definir o conceito do apartamento, mas vamos dar algumas dicas básicas para ajudar quem está pensando em montar o seu próprio loft:

1. Pense o espaço como um todo, eliminando a ideia de residência tradicional, na qual se dividia o espaço em cômodos. No loft, quarto, cozinha e sala são uma unidade. É possível ver o apartamento todo de todos os lados.

2. Utilize um jogo de cores único (neutras e suaves) . Nada de pintar o quarto de uma cor, colocar papel de parede na sala e azulejos na cozinha. Boas opções: paredes com pintura cinza ou cimento queimado, pintura bege ou painéis em madeira pinus, revestimentos em tons terra, como o tijolo aparente.

3. Destaque alguns itens da decoração, usando o toque de cor nos lugares ou peças escolhidas como, por exemplo, na pintura de uma parede da sala de jantar ou estar, no sofá colorido ou nos quadros na parede.