Posts taggeados em: Dicas





31 de dezembro de 2015

Dicas de Decoração para o Réveillon

 

 

O ano está chegando ao fim e as preparações para o réveillon já começaram. Réveillon e festa caminham juntos, se você pretende reunir a família e amigos para uma festança ou mesmo para um jantar mais intimista, a decoração deve acompanhar o clima e a energia dessa data.

Pensando nisso, a Fernandez Mera trouxe essas dicas para você deixar a sua casa linda e no espírito do Réveillon de forma fácil e prática!

 

Velas vistosas

As velas são uma ótima opção de decoração. No caso de um jantar de réveillon mais tranquilo, velas sobre a mesa de jantar juntamente com recipientes originais como candelabros, taças de champanhe, garrafas vazias para velas finas, entre outros, constroem uma decoração elegante.

Se você pretende fazer uma festa de réveillon grande e animada, as velas podem ser espalhadas por todos os espaços, optando de preferência por velas grandes (pois duram mais tempo).

 

Brinde bonito

O champanhe é fundamental numa festa de réveillon, sendo assim é legal personalizar as taças de champanhe com um detalhe como uma fita com uma citação ou mensagem de boas-vindas ao ano novo, ou até mesmo alguma mensagem engraçada de sua preferência.

 

Confete colorido

Você pode utilizar os restos do papel de embrulho dos presentes de Natal e um furador para criar confetes festivos e expor solto sobre a mesa de jantar, na zona do bar, espalhar próximo à porta de entrada e também distribuir para os convidados lançarem ao ar quando chegar a meia-noite.

 

Meia-noite

Mesmo durante a festa e as conversas, boa parte da noite é passada com os olhos atentos para o relógio à espera da meia-noite. Crie uma decoração com vários relógios diferentes colocados juntos sobre algum local onde todos podem ver e programe todos para despertar à meia-noite!

 

Gelo

Caso tenha um ou mais baldes de gelo para manter o champanhe fresco, coloce entre o gelo frutas como morango, chocolate ou também elementos decorativos como pinhas ou bolas brilhantes.

 

Chão explosivo

No local onde todos vão brindar a chegada do ano novo, fixe ao chão alguns quadrados de plástico-bolha, você pode fazer uma borda com papel e uma fita dupla face. No momento da virada do ano todos podem pisar no plástico-bolha e você terá aos seus pés os seus próprios fogos de artifício!

 

Acessórios

 

Elementos divertidos como apitos, línguas de sogra, cornetas, confetes, entre outros, não podem faltar na sua festa de réveillon. Você pode incorporá-las na decoração colocando dentro de taças e outros recipientes transparentes.

 

É isso, agora é só preparar a sua noite de réveillon, convidar a família e os amigos e curtir com muita alegria e diversão a chegada do novo ano!

A Fernandez Mera deseja a você um feliz 2016!

 





19 de dezembro de 2014

Dicas de decoração para ambientes integrados

Ao longo da história da arquitetura e da construção, o homem se adaptou ao meio e vice-versa. O conceito de família mudou, diferentes tipos surgiram e as necessidades já não são mais as mesmas.

As cidades se espremem a cada dia num processo desenfreado de crescimento e especulação imobiliária.

Esses e outros fatores acabaram nos levando, ao decorrer do tempo, em repensar a moradia, rever prioridades, a fim de otimizar o tempo livre, gerando novas habitações, mais integradas, mais interativas.

A cozinha, deixa de ser cozinha, a sala deixa de ser sala, o dormitório deixa de ser dormitório, o todo se torna um, as atividades deixam de ser tão conservadoras. Cozinhar se tornou hobby e assistir ao programa favorito, enquanto cozinha, já é um hábito.

Hoje em dia, é muito comum vermos os apartamentos integrados, os chamados lofts. Aqui no Brasil, mais especificadamente em São Paulo, eles geralmente se apresentam como duplex, com o dormitório no mezanino.

Muitas pessoas, no momento de decorarem o seu loft, ficam em dúvida sobre como atender às suas  preferências pessoais em meio a tantas opções.

O recomendado é contratar um arquiteto ou designer de interiores para que este profissional possa orientar e ajudar o cliente a definir o conceito do apartamento, mas vamos dar algumas dicas básicas para ajudar quem está pensando em montar o seu próprio loft:

1. Pense o espaço como um todo, eliminando a ideia de residência tradicional, na qual se dividia o espaço em cômodos. No loft, quarto, cozinha e sala são uma unidade. É possível ver o apartamento todo de todos os lados.

2. Utilize um jogo de cores único (neutras e suaves) . Nada de pintar o quarto de uma cor, colocar papel de parede na sala e azulejos na cozinha. Boas opções: paredes com pintura cinza ou cimento queimado, pintura bege ou painéis em madeira pinus, revestimentos em tons terra, como o tijolo aparente.

3. Destaque alguns itens da decoração, usando o toque de cor nos lugares ou peças escolhidas como, por exemplo, na pintura de uma parede da sala de jantar ou estar, no sofá colorido ou nos quadros na parede.





12 de dezembro de 2014

Dicas para decorar ambientes pequenos

Hoje vamos dar dicar para você, que curte uma decoração transada mas acha que tem pouco espaço. Preste atenção, que as dicas são ótimas!

  1. Use espelhos.

Usar Espelhos é um grande truque dos arquitetos para dar mais leveza e suavidade em um ambiente pequeno, eles transitem espaço, e dão uma sensação agradável aos moradores e convidados do apto. Pode ser usado desde um grande espelho (o opção mais comum), ou pequenos espelhos usados em conjunto.

Limpeza é fundamental, deixe-os sempre limpinhos, pois será um ponto de referência e atrativo da casa. Outra dica é usar espelhos nas laterais de corredores, parem parecerem maiores.

  1. Use cores claras

Não precisa ficar apenas no branco convencional (sua casa não precisa ficar com cara de escritório!), mas use cores claras para dar uma melhor sensação de espaço nos ambientes pequenos.

  1. Simplifique

Não guarde coisas que não usa, elas ocupam muito espaço em seu apto, e são inúteis! Uma dica é: se tem algo que você não usa nos últimos 3 anos, é inútil,  faça uma doação ou coloque a venda na internet.

  1. Não exagere nas bugigangas e móveis.

Evite usar móveis muito grandes como estantes, elas são horríveis para espaços pequenos, use uma estante pequena e baixa, ou um painel; e não deixe muitos objetos decorativos espalhados casa ou pendurados nas paredes, elas vão dar uma sensação ruim de muita bagunça.

  1. Hora de ser moderno

Use móveis modernos, cortinas modernas, tudo moderno. Embora os móveis antigos sejam lindos, fica mais difícil (embora não impossível) adaptá-los aos apartamentos pequenos.

Fonte: http://casabemfeita.com/decoracao-apartamentos-pequenos/





3 de dezembro de 2014

Dicas para decorar o quarto gastando pouco

Os quartos são os ambientes mais pessoais de uma casa. Depois de um dia cheio no trabalho, nenhum lugar se compara com o aconchêgo quarto, que conhecemos como a palma de cada mão nossa. Mas não é todo mundo que quer, ou mesmo pode gastar grandes quantias para decorar um ambiente tão único e deixá-lo cada vez mais com a nossa cara. Pensando nisso, preparamos uma lista com algumas dicas de decoração que não envolvem altos custos, mas que vão deixar o seu cantinho bem personalizado e mais gostoso.

  1. Roupas de cama sempre limpas e fresquinhas. Começamos pelo principal móvel do quarto: a cama. E se ela estiver em ordem e lençóis bem destacados, a sensação de conforto já começa pela visão. E procure por roupas de cama lisas, deixando as estampas para itens complementares como edredons e mantas.
  2. Que tal um tapete? Um piso fofinho e quentinho para pisar depois do banho nunca é má ideia. E eles tem o poder de aplificar o espaço quando colocados por toda a extenção do quarto.  Mas novamente recomendamos que evite peças estampadas, pois isso mudaria radicalmente o visual do seu quarto, deixando-o mais carregado.
  3.  Use as paredes. Versatilidade é a palavra chave. São móveis baratos e perfeitos para guardar itens pessoais sem ocupar espaço útil como mesas e criados-mudos. Caso queira apenas usá-la para decoração, cores mais neutras são uma boa ideia. Porém, se quiser destacá-las e os itens que elas guardam, cores quentes fazem um belo trabalho.

 

Fonte: http://mulher.uol.com.br/casa-e-decoracao/





27 de novembro de 2014

Aluguel de apartamento nas férias: vale a pena?

Até pouco tempo atrás era uma aventura alugar um apartamento ou casa para passar as férias. Hoje em dia, com tanta tecnologia, ficou muito mais fácil conseguir alugar apartamentos no Brasil ou no exterior, seja para períodos longos ou curtos. Diversas agências, como, por exemplo, AirBnb, Windu e LocalNomad, trabalham com locação de apartamentos (e casas) em diversas cidades do mundo inteiro. Esses sites têm diversas fotos dos imóveis disponíveis, além de comentários e avaliações de quem já se hospedou por lá. Assim, a chance de entrar numa fria diminui bastante.

Vantagens:

Custo-benefício: o bolso agradece

O preço, em geral, é um grande atrativo dos aluguéis por temporada em viagens. É óbvio que os preços do aluguéis dependem de vários fatores (cidade, localização, época do ano, qualidade do imóvel), mas, na maioria das vezes, alugar um apartamento fica mais em conta do que se hospedar em um hotel de categoria mediana.

Olha o espaço!

Se você é daqueles que sofre por conta daqueles quartos apertados de hotéis, onde quase não tem espaço para andar ou guardar as malas, alugar um apartamento pode ser uma boa opção.

Em geral, os apartamentos são mais espaçosos porque, além do quarto e banheiro, costumam ter cozinha, sala e, se der sorte, até varanda com uma bela vista.

Desvantagens:

Nada de mordomia

Lembre-se que você não está em um hotel. Então, se você não arrumar a casa, a casa continuará bangunçada no final do dia. Por isso, vá preparado para fazer tarefas cotidianas do dia-a-dia, como, por exemplo, tirar o lixo.

E lembre-se que, mesmo as tarefas aparentemente simples, podem não ser tão simples assim. No exterior, em geral, há dia e horário específico para a coleta do lixo, local específico para deixar o lixo e forma específica de armazenamento, em razão da coleta seletiva. Se o anfitrião não deixar essas informações explicadas no “manual da casa”, comum em alguns apartamentos, é você mesmo que terá que descobrir como fazer.

Front desk, concierge: cadê você?

Como não há serviço de recepção ou de concierge, você terá que se virar. Não haverá um recepcionista para te entregar um mapa, fazer a reserva de um restaurante, ou mesmo chamar um táxi.

Muitos anfitrões, por uma questão de gentileza, fornecem mapas e deixam anotadas indicações de restaurantes interessantes localizados próximos ao apartamento. Mas tem que ter sorte para encontrar um anfitrão assim.

A hora do check in/check out

Como não tem recepção, é você que terá que combinar com o anfitrião para receber e devolver as chaves do apartamento.

Gosto (e cultura) não se discute…

Enquanto nos hotéis a decoração é quase sempre impessoal, nos apartamento de temporada a decoração, é quase sempre bem pessoal. Muitas vezes há objetos pessoais, como livros e roupas do anfitrião, no imóvel.

E, como cada um tem um gosto e uma cultura diferente, vá com a mente aberta.

 

Fonte: http://www.nosnomundo.com.br/