Posts taggeados em: Imóveis Novos





13 de abril de 2017

Garanta uma ótima oportunidade

A Campanha Imóveis Novos a Preço de Usados foi um sucesso. Por causa disso, a Fernandez Mera vai abrir as suas portas para você fazer um ótimo negócio. Compareça no dia 22/04/17 a partir das 10h, na Av. Brigadeiro Luís Antônio, nº 4.910 – Jardim Paulista – e garanta uma excelente oportunidade. Utilize toda a força de negociação da Fernandez Mera com as construtoras e incorporadoras. Traga a sua proposta. Para saber mais, acesse: www.imoveisnovosaprecodeusados.com.br ou ligue (11) 3066-1010

 





3 de fevereiro de 2017

Fernandez Mera acelera a venda de imóveis em estoque com a campanha Imóveis Novos a Preço de Usados

A Fernandez Mera acaba de lançar uma campanha publicitária para divulgar a ação “Imóveis Novos a Preço de Usados”, que tem como objetivo promover a comercialização de imóveis em estoque, novos e em construção. Esses imóveis estão localizados em São Paulo e no interior, com valores entre R$ 250 mil e R$ 1,5 milhões, e contam com condições de negociação e financiamento diferenciadas.

 

“Esta é a primeira grande campanha da Fernandez Mera lançada 100% no digital. Segundo fonte do Google, 88% das pessoas utiliza a internet na busca por um imóvel, por esta razão estamos promovendo a campanha de forma intensiva, com uma comunicação direta e objetiva com foco em captura de leads a curto prazo. Temos certeza que será um sucesso”, afirma Fabio Soltau, vice-presidente de operações da Fernandez Mera.

Também já está na internet um hotsite da campanha (http://www.imoveisnovosaprecodeusados.com.br). Nele, o cliente pode ter todos os detalhes dos empreendimentos participantes e agendar uma hora com especialistas.

Apesar de o primeiro atendimento ser feito no ambiente digital, na campanha “Imóveis Novos a Preço de Usados”, a Fernandez Mera espera resgatar o atendimento personalizado, olho no olho, com uma ampla orientação e assessoria, ajudando o consumidor na busca do imóvel certo.

Além disso, já estão na internet diversas ações de mídia no Google, Facebook, Wase, Youtube, Instagram e em portais verticais de busca de imóveis nas redes sociais da Fernandez Mera, como Facebook (@Fernandezmeraoficial), Twitter (@fmera_imóveis) e Blog (http://www.fmerablog.com.br), além do próprio site da empresa (www.fmera.com.br), cujos anúncios direcionam os internautas para o hotsite.





19 de novembro de 2012

Casa nova com a decoração certa

A conquista da casa própria é um sonho e um momento de muito crescimento na vida de qualquer pessoa. Mas com as chaves em mãos, muitos ficam em dúvida em como decorar a primeira casa. Aqui vão algumas dicas de especialistas de por onde começar.

De acordo com a designer de interiores, Sandra Croppo, o primeiro passo é entender o que é necessário em seu cotidiano. “A pessoa tem que avaliar qual é a sua prioridade. Se ela gosta de assistir televisão no quarto, precisa pensar onde vai colocar este aparelho”, diz a Sandra.

Agora quem gosta de receber amigos em casa, deve investir em uma sala de estar aconchegante. Se você gosta de culinária, por exemplo, pense em uma cozinha que atenda ao goso geral da casa e bem equipada.

Sandra explica: um apartamento bem planejado não é feito aleatoriamente. É necessário entender seu espaço para distribuir os eletrodomésticos e a mobília. “O design não é apenas decoração, mas sim funcionalidade”.

Parte importante e inicial de todo o projeto de decoração é a pintura das paredes. Pense o quanto esta escolha pode influenciar todo o contexto de seu imóvel, além do mais, é preciso escolher as cores com carinho e cautela afinal, pintar a casa não é algo que se mude em curto prazo.

Se há dúvidas em relação com a cor faça testes. Pinte um pequeno trecho da parede com as opções de tons favoritos, assim ficará mais fácil visualizar o resultado final.

No que diz respeito a cores, a decoradora e arquiteta especialista em design de móveis Erica Arizono aconselha o uso de tons neutros e suaves nas paredes, para que as pessoas se sintam tranquilas no ambiente. “Tintas de cores fortes podem ser usadas para quebrar a monotonia e devem sempre ser utilizadas em áreas pequenas”, sugere a profissional.

A escolha correta das cores pode se tornar um trunfo que pode dar a impressão de seu imóvel ser maior. “Quando se fala em ampliar visualmente o ambiente, todos pensam em primeiro lugar nos espelhos. Entretanto, para se causar a sensação de amplitude no espaço é essencial que ele tenha características combinadas como teto pintado de branco, piso e a maioria das paredes em tons claros, iluminação natural e artificial com efeitos decorativos”, aconselha a decoradora.

As cores vibrantes ou escuras devem ser evitadas em todas as paredes, por darem a sensação de que o ambiente fica menor, além de “cansarem” a vista. “Cores como vermelho, laranja, azul escuro e violeta podem ser deixados para objetos de decoração como luminárias, tapetes, quadros e para aqueles pontos que se quer destacar”, afirma.

Quem tem filho em casa sabe o quanto é difícil manter a casa limpa. Portanto, pisos de fácil manutenção e que tenham um toque suave em relação à temperatura são os mais indicados por Erica. “Recomendo os pisos laminados e também os vinílicos, ambos com padrões que imitam o desenho de madeira, com grande variedade de tons e padrões”, sugere a decoradora.

Para quem não tem criança morando na mesma casa e quer decorá-la com um estilo mais clássico, Erica aconselha o porcelanato, por ser mais barato que o granito e ter manutenção mais fácil que o mármore. “As peças com formatos maiores valorizam o ambiente e o imóvel”, diz.

Fonte: http://www.zap.com.br/revista/imoveis/

Foto: Divulgação e Banco de imagens/thinkstock





19 de novembro de 2012

Setembro surpreende e as vendas de imóveis novos em SP quase dobra

Os imóveis residenciais  novos em São Paulo tiveram um aumento de vendas em setembro de 97,5% em comparação ao mês anterior. De acordo com pesquisa divulgada pelo Secovi-SP,  foram vendidas 3.674 unidades nesse período. O número representa um avanço de 13,5% na comparação com setembro do ano passado.

Monetariamente falando, as vendas avançaram 37,1% em relação a agosto, para um total de R$ 1,34 bilhão. Quem liderou essa corrida foram os imóveis de dois dormitórios, com 2.224 unidades vendidas, somando 60,5% do volume comercializado no mês. Do total de unidades vendidas, 88,3% dos negócios foram fechados na fase de lançamento, que dura até 180 dias.

Segundo a Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio (Embraesp), 3.805 unidades forma lançadas em setembro, número 83,1% maior em relação a agosto (2.078 unidades).

 

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/mercado

Foto: Shutterstock





17 de novembro de 2012

A Copa do Mundo e a valorização dos imóveis em Itaquera

Pesquisas realizadas pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP) apontam: um imóvel usado no bairro da Copa teve aumento de 54,36% em seis meses. A construção do estádio que vai sediar jogos da Copa em 2014, em São Paulo, já teve impacto no mercado imobiliário do bairro de Itaquera.

Exemplificando, entre janeiro e julho de 2012, o valor do metro quadrado de casas de dois dormitórios saltou de R$ 2.272,66 para R$ 3.508,06. Tais números são os efetivamente praticados nas negociações de corretores e imobiliárias atuantes na região.

Quanto a apartamentos de dois dormitórios, o aumento foi menor – de 14,86% – com o preço médio do metro quadrado evoluindo de R$ 2.658,49 em janeiro para R$ 2.826,40 em julho. Já os imóveis de três quartos valorizaram cerca de 18% nos primeiros seis meses do ano. O metro quadrado passou de R$ 2.826,40 para R$ 3.333,13.

Quatro tipos de imóveis foram analisados pela pesquisa do CRECI para fazer a comparação de preços nesse período. Apenas um apresetou queda nos valores: casas de três dormitório. Elas eram vendidas no início do ano por R$ 2.400,62 custavam R$ 2.213,51 em julho, 7,79% a menos.

64% dos corretores e imobilárias do Conselho que atuam no bairro Itaquera apontam uma valorização local acima dos 40%. E aquilo que pareceria óbvio – a maior procura por imóveis próximos ao futuro estádio do Corinthians – não tem comprovação, pelo menos até agora, na rotina diária dos escritórios imobiliários – 80% dos corretores e imobiliárias consultados disseram que os compradores não se importam com a posição do imóvel em relação ao estádio. Apenas 18% disseram haver preferência pelos imóveis vizinhos ao Itaquerão.

Apesar da lozalização ser indiferente, o tamanho do imóvel é peça fundamental para a efetivação de vendas na região. Os imóveis mais procurados são as casas de 1 e dois dormitórios (com 35% das consultas), os apartamentos de um e dois dormitórios (também com 35%), as casas de três dormitórios (23%) e os apartamentos com três dormitórios (5,9%). Não houve registro de procura por casas e apartamentos de quatro ou mais dormitórios.

Esse cenário que surge da comparação entre as pesquisas do Creci-SP, reforçada pela avaliação dos corretores e imobiliárias, é uma amostra real do comportamento do mercado de uma grande região que vai sofrer o impacto direto das transformações urbanas provocadas pela Copa do Mundo de 2014 e dos projetos anunciados pelo prefeito eleito Fernando Haddad – afirma José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP.

“As pessoas sabem que a região vai receber obras de infra-estrutura e melhorias urbanas e isso acaba provocando uma antecipação da valorização futura dos imóveis, cujos limites vão sendo testados à medida que essas melhorias vão se materializando”, explicou Viana Neto.

 

Fonte: http://www.monitormercantil.com.br/

Foto: Celso Pupo/ Shutterstock.com