Posts taggeados em: marilia veiga





29 de maio de 2012

Saiba como foi o Salão Internacional do Móvel de Milão

A Itália tem uma tradição enorme em termos de design, seja nos carros, roupas, móveis ou qualquer outra peça. Isso se deve ao investimento na experimentação e na valorização do designer como profissional. No final do mês de abril, foi realizado o Salão Internacional do Móvel de Milão 2012 (www.isaloni.it), considerado o evento mais importante do segmento de decoração.

Diversos produtos foram espalhados em 24 pavilhões, onde era possível ver as novidades e tendências de marcas famosas como Poliform, Flexform, Minotti, Moroso e Vitra. Além disso, a cidade de Milão se transformou em uma grande mostra, com algumas marcas expondo no chamado Fueri Saloni (www.fuorisalone.it/), evento paralelo nas ruas da cidade.

Tudo foi muito organizado, com muita informação. Podíamos ver desde marcas renomadas até as experimentações dos novos designers. Carros também foram lançados neste período e ficaram a mostra pela cidade como se fossem esculturas.

Em termos de tendência do Salão:

*Vimos que a tendência deste ano é o uso pontual da cor. Colocar um pouco mais de cor em um detalhes ou em um mobiliário, destacando a peça.

* Observamos a preocupação de trazer o verde (vasos e paredes com plantas e flores) para dentro dos ambientes.

* Existe a questão do uso, e não apenas da estética. Os designers focaram num design mais prático, pensando na durabilidade e no uso cotidiano.

*Os locais mais bonitos da feira foram os pavilhões 5 e 7, onde encontrávamos as marcas Flexform, Poliform, Minotte. São as marcas que eu mais gosto: tanto pelo design e pela qualidade.

* Outra tendência é a utilização de vidros nas portas (com recortes) e as transparências nas estantes.

Marília Brunetti de Campos Veiga é decoradora de interiores - www.mariliaveiga.com.br .





30 de janeiro de 2012

CORES NA DECORAÇÃO

Muita gente pergunta sobre o uso das cores na decoração. A cor é algo fundamental, é a vida, a alegria, a identidade de um projeto. Porém , é importante entender que a cor utilizada de forma aleatória pode transformar tudo numa grande mistura e criar certa confusão.

Uma coisa muito util na fase de criação do projeto é estabelecer o esquema de cores de cada ambiente. Pegar os tecidos, tapetes, os revestimentos, as lacas verificando de que forma combinam entre si. Desta forma estabelecemos uma espécie de  guia para a escolha das cores em cada um dos elementos.

Na hora de escolher qualquer acabamento ou cor na parede, seguimos sempre o esquema pré-determinado

 

Nas paredes, em particular, deve-se ter alguns cuidados. Caso queira pintar com uma cor mais marcante, opte por uma parede e não pelo ambiente todo. Isso faz com ela fique mais importante, sobressaindo das demais.

É importante entender o uso do espaço para a escolha das cores.  Nos quartos, por exemplo, não utilize tons muito fortes, prefira tons mais claros e calmos.

Uma dica para não errar em qualquer que seja o ambiente, é pintar as paredes com tons mais neutros e deixar a alegria das cores nos objetos, nas almofadas, nas artes e em algum dos itens do mobiliário. Desta forma, além de deixar o ambiente bonito, ele também fica dinâmico, pois permite a mudança apenas com a troca de alguns elementos.

 

Abaixo alguns exemplos de projetos com a parede com cor mais forte e outros com a cor mais neutra.

 

 

Marília Brunetti de Campos Veiga é decoradora de interiores - www.mariliaveiga.com.br .