Posts taggeados em: Mercado





21 de março de 2016

Os charmes de morar na Mooca

 

Morar na Mooca não é apenas estar em um dos bairros mais antigos e tradicionais da cidade de São Paulo. Localizado na Zona Leste, o bairro é famoso por seu clima acolhedor, completo e que reúne, ao mesmo tempo, tradição e modernidade.

Isto porque, a Mooca mescla sua arquitetura única, entre casarões antigos e fachadas de vários estilos à boa infraestrutura e residências modernas, como os recém-lancados apartamentos da Stamp Mooca. O bairro também conta com estação de metrô, várias linhas de ônibus e ciclovias, que facilitam o transporte a outras regiões da cidade.

Impossível não citar, ainda, o Estádio Conde Rodolfo Crespi, que acolhe milhares de mooquenses e torcedores do Clube Atlético Juventus, os “grenás”, além ser palco de shows e eventos, em seus 80 000 m².

E quem gosta de tradição pode, aos finais de semana, levar a família para um passeio na locomotiva Maria-Fumaça, original de 1922, que sai da estação da Mooca e percorre três quilômetros em uma viagem de 25 min, passando por uma vila ferroviária do século passado.

Além disso, uma vez por ano, também é possível aproveitar a Festa de San Gennaro, que acontece há mais de quatro décadas, lotando as ruas da região com comidas típicas italianas, como macarronada, fogazza, polenta e pizza. Imperdível, não?





5 de dezembro de 2014

Economista Celso Petrucci analisa o mercado imobiliário

O evento Construindo o Grande ABC contou com a presença do economista Celso Petrucci, economista-chefe e diretor executivo do SECOVI-SP.

Como principal tema abordado, analisou as perspectivas para o setor da construção civil em 2015. Afirmou que o mercado passa por um momento de baixa, mas crê em uma retomada de crescimento nos próximos anos.

Ainda de acordo com Petrucci, a economia é movida por 5 itens importantes: dinâmica familiar, déficit habitacional, depreciação, oferta de crédito e a curva de investimento.  O grande foco do setor será suprir o déficit habitacional, que ainda não cresceu o suficiente para atender à demanda existente.

Petrucci também explicou que os principais mercados imobiliários do Brasil – que correspondem a 134 municípios – movimentaram no último ano, cerca de R$ 81,9 bilhões de reais em imóveis lançados, enquanto os demais municípios atingiram a marca de R$ 8,5 bilhões. Entre as unidades lançadas, as residências verticais – prédios – foram a principal “alavancada” do mercado, atingindo 154,5 mil unidades, somente em 2013.





4 de setembro de 2014

Os bairros do Rio de Janeiro e seus aluguéis

Os aluguéis no Rio de Janeiro, assim como em São Paulo, estão ficando mais baratos no último ano, com uma alta de menos de 4%, segundo a pesquisa mensal de preços do Sindicato da Habitação (Secovi Rio), referente a agosto.

Apesar do boom anterior nos preços de bairros nobres, agora aqueles mais afastados subiram dois dígitos, como foi o caso de Jacarepaguá, com 14,96%, e Meier, com 18,56%. Isso se deve muito ao fato de que os locatários começaram a criar maior demanda nestas regiões.

Dos bairros pesquisados acerca do valor do aluguel, o que segura o primeiro lugar com maior preço médio é Ipanema, marcando R$ 76,55 por m2. O segundo lugar fica com Leblon, com preço médio de R$ 72,45/m2, seguido pela Lagoa, com R$ 56,06/m2, e a Gávea, com R$ 58,62/m2. O quinto lugar foi do Jardim Botânico, com média de R$ 53,08 por m2.

Ficou interessado? Conheça a Fernandez Mera Imóveis Prontos! É a maneira mais fácil de você vender ou alugar o seu imóvel.

 

Fonte: Exame





28 de agosto de 2014

Dicas para corretores de imóveis iniciantes

Quem iniciou recentemente sua carreira como corretor de imóveis sabe que o mercado não dá folga, pois é muito exigente e competitivo. Algumas dicas, portanto, podem cair muito bem para destacar o profissional logo neste começo.

Como já falamos, é essencial estar sempre atualizado sobre as mudanças do cenário imobiliário. Busque a reciclagem através de palestras, eventos, seminários, encontros, feiras, salões imobiliários, cursos e livros. Estudar nunca é demais!

Outro ponto importantíssimo é seu marketing pessoal. Procure estar bem vestido e transmitindo seriedade, competência e confiança toda vez que for conversar com um cliente. Caso vá recebê-los em um outro ambiente que não o do empreendimento, deixe-o em ordem. O mesmo vale para seu veículo, caso vá fazer o transporte até o imóvel. O que também faz parte do marketing pessoal é o uso das redes sociais, que também já frisamos anteriormente. Mantenha sempre uma rede de contatos profissional com outros corretores e clientes, e aproveite o espaço para divulgar imóveis e criar parcerias.

Uma dica indispensável é ser profissional e ético, não importa a circunstância. Quando falamos sobre identificar a concorrência para poder saber destacar os pontos positivos e os diferenciais do empreendimento que está vendendo, lembre-se sempre de ser honesto com seu cliente. Fora isso, saiba entendê-lo. O trabalho feito com dedicação, no intuito de ajudar quem busca pelo seu auxílio para concretizar um sonho, com certeza será muito bem recompensado!

 

Fonte: ImobShop 





20 de agosto de 2014

Os estrangeiros estão de olho em imóveis no Brasil!

O Mundial de Futebol trouxe muitos benefícios para o país, além da diversão e do contato com visitantes de todo os lugares do mundo: a busca por imóveis no Brasil cresceu, de acordo com levantamento feito pelo portal imobiliário VivaReal.

Nos três primeiros meses do ano, 25 dos 31 países que vieram para cá registraram aumento nas buscas, sendo que os americanos foram os mais interessados, com mais de 489 mil pesquisas por imóveis! Atrás deles, temos países como Portugal, Itália, Inglaterra e França, todos com mais de 20 mil buscas.

As cidades brasileiras mais procuradas pelos gringos foram Curitiba, Fortaleza e Recife, sendo que a porcentagem de aumento nas buscas por imóveis foi de 39%, 20% e 11%, respectivamente. Segundo Rodrigo Iannuzzi, o vice-presidente de marketing do VivaReal, o evento proporcionará, a longo prazo, que algumas cidades que não fazem parte do roteiro turístico do Brasil, como Curitiba, despertem mais atenção dos visitantes internacionais.

 

Fonte: InfoMoney