Posts taggeados em: venda





28 de abril de 2016

Aprenda a declarar venda de imóveis no Imposto de Renda

Todos os anos temos algumas questões quando chega a época de declarar o Imposto de Renda. Uma dúvida frequente que se tem nesse período do ano é como se declara a venda de imóvel. Isso se justifica, porque há uma certa complexidade nesse processo. Além de informar a compra e a posse de um imóvel na Declaração de Imposto de Renda, o contribuinte também deve informar ao Fisco a venda ou doação do bem quando ele deixar de fazer parte do seu patrimônio. Do mesmo jeito que a posse de imóveis de valor superior a 300 mil reais obriga o contribuinte a declarar o IR, quem obteve lucro com a venda do imóvel em 2015 também está obrigado a declarar, mesmo que a operação seja de isenção.

Pode parecer complicado, mas é mais simples do que imagina. Confira no passo a passo:

  1. Para um primeiro momento, você deve separar alguns documentos que comprovem a venda desse determinado imóvel. Tais como: o compromisso de venda e compra de imóvel e/ou escritura de venda e compra de imóvel, e comprovantes de recebimentos. Também se deve baixar o Programa Ganho de Capital (GCap) do site da Receita Federal. Vale lembrar que, apesar de opcional, o preenchimento do programa é recomendável, pois permite calcular o tributo devido sobre o lucro obtido na venda do imóvel e, posteriormente, importar os dados diretamente para a declaração do Imposto de Renda. Se a venda gerar algum ganho de capital o preenchimento do GCap é obrigatório e o tributo sobre o lucro obtido (de 15%) deve ser pago até o último dia útil do mês posterior ao da transação. No caso de não ter recolhido o imposto no prazo certo, o contribuinte deve preencher o programa GCap para calcular o tributo que deve e, posteriormente, baixar o programa Sicalc, que irá emitir o boleto para pagamento do imposto – Darf – já com o acréscimo de juros e multas.
  2. Ao preencher a Declaração de Ajuste Anual, basta importar as informações incluídas no GCap para o programa gerador da declaração na aba “Ganhos de Capital”, ao clicar no item “Importação GCap 2015”. Quando o arquivo for incluído no programa gerador, o lucro obtido na operação será inserido de forma automática na ficha “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”. Em caso de a operação ser isenta de Imposto de Renda, o valor será transferido, também de forma automática, para a ficha “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”.
  3. Na coluna “Discriminação”, informe que a venda foi realizada, incluindo o nome e CPF ou CNPJ do comprador e o valor pelo qual o imóvel foi vendido. Se o comprador tiver adquirido o imóvel por meio de financiamento, essa informação e o nome do banco que concedeu o crédito para o pagamento do imóvel, também podem ser incluídos no campo. Observação: caso o contribuinte tenha comprado e vendido o imóvel em 2015, as informações sobre a unidade não devem ser inseridas na ficha “Bens e Direitos”.




9 de janeiro de 2012

Tudo para vender seu imóvel mais rápido

Vender um imóvel é algo que pode levar meses ou anos até que o ato se concretize. No caso de usados, em alguns casos, a forte concorrência e o preço elevado são as justificativas; em outros, no entanto, a falta  de atenção do proprietário assume parte da culpa.

De acordo com corretores e líderes de entidades do setor imobiliário, manter o imóvel sempre limpo, organizado  e bem arejado é fundamental na hora da venda, principalmente se ainda tiver moradores.

Não Descuide

Limpeza
Manter o imóvel limpo e arejado ajuda na hora de colocar à venda. Compradores conseguem enxergar melhor o imóvel sem excesso de mobília ou outros empecilhos para visualização.

Conservação
Ponto considerado essencial entre os especialistas. Procure deixar o imóvel com as instalações em dia. Uma pintura também pode ajudar na valorização. Infiltrações à mostra, pisos e azulejos sujos depreciam o valor da revenda do imóvel.

Documentação
Antes de iniciar o processo de venda, certifique-se que a documentação da propriedade está em dia e que não há distorções entre o que está no papel e a realidade da casa ou apartamento.

Visita

Durante a visitação, evite deixar roupas jogadas no chão ou mostrá-lo com alguém dormindo em algum dos cômodos. Muita louça na pia e gente no local também podem atrapalhar. Corretores crêem que o melhor horário para visitas seja no meio da tarde, pois pode-se ter uma melhor noção do imóvel com a luz do dia.

A Fernandez Mera Imóveis Prontos é a maneira mais rápida de você vender, comprar ou alugar o seu imóvel – www.fmeraprontos.com.br





31 de outubro de 2011

Imóveis prontos | Venda ou alugue o seu imóvel

Agora é a hora de vender ou alugar o seu imóvel.

Com 28 anos de tradição na área, a única eleita por 3 vezes consecutivas, a melhor imobiliária de São Paulo e uma equipe de profissionais altamente qualificada no segmento, há muitas vantagens em vender ou alugar o seu imóvel com a Fernandez Mera. A começar por uma ampla divulgação do seu imóvel sem custo algum, sendo divulgado em jornais, revistas, e-mail marketing, sites parceiros e muitos outros meios de comunicação.

Além disso, com a Fernandez Mera você terá todo o acompanhamento, consultoria e visitas pré-agendadas com segurança e comodidade e um ótimo atendimento de nossos corretores especializados. Também possuímos uma seleção de compradores para que você tenha certeza nas decisões que tomar, além de todo o suporte jurídico até a assinatura do contrato.

Deixe seu imóvel nas mãos de quem entende e em pouco tempo tenha certeza que fecharemos um ótimo negócio. Conheça o nosso site – fmeraprontos.com.br





10 de maio de 2011

Feirão da Caixa 2011: Nós estaremos lá!

No ano passado, quase 2 mil pessoas foram atendidas nos estandes da Fernandez Mera no Feirão da Caixa. Este ano será a sétima edição do evento e a Caixa Econômica Federal vai oferecer cerca de 450 mil imóveis novos, usados ou na planta, durante o Feirão da Casa Própria.

Em São Paulo, o evento acontece entre os dias 12 e 15 de maio, no Centro de Exposições Imigrantes. Mais 12 cidades brasileiras receberão o Feirão. Confira as cidades e as datas aqui.

Em São Paulo, no ano de 2009, o valor negociado foi de R$ 1,5 bilhão em 21,5 mil unidades financiadas. O objetivo deste ano é movimentar R$ 3,5  bilhões durante o evento.  Os empréstimos habitacionais da Caixa Econômica nesse ano devem superar em mais de 50% a marca verificada no mesmo período de 2010.

Os imóveis serão voltados para famílias com renda superior a três salários mínimos. De acordo com a Caixa, o programa Minha Casa, Minha Vida irá oferecer 200 mil imóveis, 44% do total de unidades disponíveis no evento.

Não perca esta oportunidade! A Fernandez Mera, mais uma vez, marca presença no Feirão da Casa Própria, com empreendimentos e ofertas imperdíveis. Compareça!

Stand Fernandez Mera – Feirão da Casa Própria 2010

Serviço: Feirão da Casa Própria
De 12 à 15 de maio, no Centro de Exposições Imigrantes.
Rodovia dos Imigrantes. Km 1,5
São Paulo – SP





9 de fevereiro de 2011

Vendas de imóveis crescem 7,45 por cento após dois meses de queda

O Conselho Regional de Corretoras de Imóveis do Estado de S. Paulo (Creci-SP) divulgou sua última pesquisa com 1.653 imobiliárias de 37 cidades paulistas que revelou que a venda de imóveis cresceu 7,45% após dois meses seguidos de queda

Em Alphaville, uma das regiões mais disputadas e com valorização de 106% dos imóveis novos no último levantamento da Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp), o ritmo de vendas seguiu em alta.

Valorização imobiliária

O preço médio do metro quadrado de área útil de um imóvel com 3 dormitórios em Alphaville e Barueri saltou de R$ 2.837 em dezembro de 2009, para R$ 5.861 no último levantamento. De acordo com o estudo da Embraesp, a valorização nesses bairros foi superior a outros imóveis de perfil semelhante em outras regiões. No Tatuapé, zona leste paulista, o preço médio avançou 95%, de R$ 4.472/m² para R$ 8.751/m², seguido pela região do ABC que alcançou apreciação de 70%, de R$ 3.037/m² para R$ 5.157/m².

O estudo da Embraesp afere ainda que o preço de imóveis na Vila Clementino subiu 68%, de R$ 4.576/m² para R$ 7.695/m². O percentual de 68% é o mesmo alcançado pela Vila Maria, que evoluiu de R$ 2.700/m² para R$ 4.250/m². Em bairros nobres como a Vila Madalena, a valorização de imóveis com 4 dormitórios avançou 61%, de R$ 5.923/m² para R$ R$ 9.530/m². O valor só é superado nominalmente pelo preço médio de imóveis de 3 dormitórios na Vila Olímpia que atingiu R$ 9.929/m². Em números gerais, o preço médio na capital paulista avançou 39,8% em imóveis de 3 dormitórios e 50,2% em imóveis de 4 dormitórios.

Fonte: Bagarai